Ocorreu um erro neste dispositivo

quarta-feira, 19 de maio de 2010

As despedidas....

O tempo passa a correr e como se costuma dizer o que é bom acaba depressa, mas o que é bom tem mesmo que passar de pressa. E os momentos bons têm que passar depressa porquê? "Porque se se prolongassem muito tornar-se-iam banais, vulgares! Por serem rápidos/curtos é que são os melhores momentos, aliás, a palavra diz tudo "momento" = momentâneo". O meu prezado amigo Daniel fez-me perceber de uma forma clara o porque de passarem rápido com a frase anterior.
É verdade, custa a acreditar mas o meu tempo na Finlândia está a terminar. Foram cinco meses maravilhosos. Não consigo traduzir em palavras o que esta experiência significou para mim.
A dez dias de regressar a Portugal os sentimos misturam-se num turbilhão de emoções contraditórias. Por um lado, e por força das saudades, quero regressar e rever a "minha gente", matar saudades daqueles que mais gosto e voltar às origens. Mas por outro lado, o desejo de ficar e prolongar por mais tempo a estadia na Finlândia é enorme, não só pelas pessoas fantásticas que conheci, mas pelas coisas que aprendi e por esta sensação de liberdade constante que sempre me acompanhou ao longo destes 5 meses. Vou regressar com a sensação de que aproveitei ao máximo esta experiência, mas também que haveria algo mais para viver por aqui, daí a vontade de ficar.
Mas, sinceramente, prefiro que assim seja. Prefiro sair daqui com a vontade de ficar, do que sair daqui desertinho de voltar. Significa isto que ao longo destes meses tudo o que se passou foi algo novo e algo que, sem sombra de duvidas, me fez crescer e algo que jamais esquecerei.
Mas Erasmus é mesmo assim. São assim as "regras do jogo", sabemos à partida que tudo terá um fim. E o fim, esse, aproxima e a única que posso acrescentar é que vivi a melhor experiência de minha vida.

Um muito obrigado à família de Otokylä.... Otokylä Rules....

Praia? Na Finlândia?



Nunca pensei que o meu primeiro mergulho, no ano de 2010, seria numa praia na Finlândia. Pois é meus amigos, isto por aqui não é só frio e neve, também há calor e praia. Desde o inicio de Maio que as temperaturas subiram e muito e têm rondado os 25 e os 30 graus. (Se pensarem, a amplitude térmica de Janeiro até Maio é duns insignificantes 60º graus (!!!!!), coisa pouca.)
Nós até nem gostamos destas coisas, mas como estamos de férias e o tempo lá fora é apelativo, fomos ate à praia desfrutar dos primeiros dias de sol do ano, sol a sério.
É verdade que a praia de Oulu não é paradisíaca, logo a começar pela água que é gelada e pela areia que não é das mais limpas mas, ainda assim, serve perfeitamente para matar a "sede" destes rapazes e raparigas sedentos de praia, sol e diversão de verão!
Apesar de também ter a sua magia, o tempo em que neve e o frio abundam, retira vida e alma à cidade de Oulu. Por isso, agora que o bom tempo voltou, as ruas inundam-se de pessoas que procuram, literalmente, "um lugar ao sol".
A cidade voltou a ter vida e alma.













Já não há noite....

Pois é meus caro amigos, para a aqueles adoram a noite e gostam de aproveitar o que ela tem de melhor, devo confessar que, por esta altura, Oulu não é o melhor sitio para viverem. E digo isto porque, pura e simplesmente, em Oulu, já não há noite.
O por do sol dá-se por volta das 11 da noite, mas a claridade fica a pairar no ar e diria que o ponto maximo de escuridão se pode comparar quando em Portugal são nove da noite, ou seja, nunca chega a ser de noite e isto porque a partir das 2 da manhã o sol volta a espreitar e temos dia por volta das 2:30 da manha.
Só para terem uma ideia aqui ficam umas fotos por volta das 3 da manha....





segunda-feira, 10 de maio de 2010


Boas.
Eu sei que este espaço é dedicado à minha estadia na finlandia e às situações que por aqui se passam. Mas quem me conhece bem, sabe que não podia deixar passar esta oportunidade sem falar no assunto do momento... nem crises, nem vulcões, nem Grécia, nem défices, nem PEC, nem Papa, aquilo de que vou falar é BENFICA CAMPEÃO.

Mesmo à distancia vivi todos o jogos de igual modo. Nervoso miudinho, gritos de golos e azia nas derrotas e empates (felizmente foram muito poucas/os). Apesar de ver os jogos pela internet, num misero quadradinho, cada vez que o Benfica fazia um golo o contentamento era o mesmo que ver um jogo num ecrã gigante, só faltava a caneca a 1€ no Leão. Cada vez que era golo a historia repetia-se, braços no ar e o grito da praxe....nalguns casos quase matei o Carlos de susto, mas foi só quase, nunca se concretizou essa ideia...(Porra, devia ter gritado ainda mais alto)

Bem, como devem calcular, ontem vivi um dos momentos mais feliz da minha vida e ao mesmo dos mais tristes... Depois do apito final do arbitro sentia uma alegria enorme, mas ao mesmo tempo uma tristeza quase tão grande por não poder festejar com a nação benfiquista. Queria gritar, erguer o cachecol. Ainda o fiz mas, pus toda a gente do quinto andar a perguntar-me se estava bem... Pelo menos, por aqui, toda a gente sabe o que é o Benfica.
Enfim, o que conta é que o 32º titulo está no papo, digam o que disserem, contra factos não há argumentos - melhor ataque da liga, melhor marcador, melhor defesa, o futebol mais bonito e como consequência a melhor média de assistência no estádio, e não contaram eles os 100 mil que levaram o Marques ao rubro, nem os outros tantos milhões espalhados pelo mundo. O que mais me surpreendeu, foi ver Paris em festa.... Paris foi do Benfica por uma noite... Não será grandeza? Claro que é, grandeza essa que belisca os corações de Portistas, Sportinguistas e Arsenalistas...enfim, um dia pode ser que o 3 juntos consigam o mesmo que nós conseguimos sozinhos...

CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES CAMPEÕES

terça-feira, 4 de maio de 2010

Wappu 2010



Ola caros amigos....

O Wappu é um acontecimento anual, que decorre no final de Abril e que culmina no dia 1 de Maio. O Wappu é de uma maneira geral idêntico a uma semana académica, ou seja, durante uns dias é festa da brava.
O Wappu é um evento de estudantes de todas as universidades de Oulu e decorre pelas ruas e bares da cidade.
Como devem perceber não foram dias fáceis pois as aulas continuavam e tivemos que gerir festa com aulas. Apesar disso foram os melhores dias que passei na Finlândia.
Bem, para descrever os que aconteceu durante 4 dias precisaria de muito texto e como sei que de texto estão vocês fartos vou resumir o Wappu em fotos e num pequeno filme.....










(Aquela casinha ali no meio é nada mais nada menos que um SAUNA. Sim, leram bem, uma sauna em móvel...os finlandeses são malucos)








(WappuRally 2010...Um grande dia..)









(Portinnish Team... Uma das melhores equipas do WappuRally, pelo menos em diversão)

video

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Onde está a noite....????

Boas.
Como já devem ter percebido o tempo aqui é de extremos. Se em Janeiro, quando aqui chegámos, estavam -34º, agora, quase no início de Maio as temperaturas medias diárias rondam a dezena de graus. Pois bem, em menos de 3 meses a amplitude térmica ronda os 40º.
Mas não são só as temperaturas que apresentam situações extremas. Como vos contei no início da minha estadia na Finlândia os dias eram extremamente curtos, sendo o nascer do sol por volta das 9:30 da manhã e o por do sol por volta das 15:30 da tarde. No presente dia a situação está completamente diferente e mais uma vez se verifica uma situação de extremos. Presentemente, segundo o site foreca.com, temos o nascer do sol por volta das 5 da manha e o por do sol por volta das 21:30 da noite. Não sei se posso chamar 21:30 da noite visto que a essa hora ainda não é de noite. Como devo então chamar? 21:30 da tarde!? É estranho mas é a realidade. Depois de analisados os factos não é difícil perceber o porquê da Finlândia apresentar uma das maiores taxas de suicídio da União Europeia. Claro está com tantas mudanças as cabecinhas dos finlandeses começa a bater mal e a solução que eles encontram é ter noite para sempre....
Pessoalmente, prefiro ter sol a maior parte do dia, apesar de por volta das 5 da manhã o quarto ser inundado de luz e parece mais que estamos a "tirar" uma cesta durante uma tarde de sol do propriamente a dormir de "noite", mas como a luz pouco ou nada me incomoda quando se trata de dormir, não tenho grandes problemas com a situação. A luz entra em abundância no quarto porque aqui, ao que parece, eles não sabem o que são persianas, a única coisa que protege a entrada de luz no quarto são uns míseros cortinados....enfim, finlandeses...

Bem para comprovar o facto aqui fica uma foto do céu de Oulu às 22:30 da "noite..."